28.7 C
Vila Viçosa
Quarta-feira, Julho 17, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

Tribunal de Évora adia leitura da sentença no caso de maus-tratos a utente da Misericórdia de Alandroal 

O Tribunal Judicial de Évora adiou a leitura da sentença, marcada para esta segunda-feira, no caso de maus tratos a uma utente da Misericórdia de Alandroal.

Recorde-se que tal como a Rádio Campanário tinha noticiado a leitura do acórdão estava marcada para hoje, dia 17 de junho, dia em que os arguidos do processo iriam ficar a conhecer a sentença do tribunal.

De acordo com a informação avançada pela Agência Lusa, o ato processual foi adiado uma vez que , segundo notificação enviada pelo Tribunal aos arguidos , não foi possível a conclusão do acórdão, tendo em conta a dimensão do processo que envolve mais de 30 testemunhas e uma produção de prova grande.

De acordo com a mesma fonte, o adiamento é ainda justificado pela existência de um outro processo, também ele de grandes dimensões e que envolve um arguido em prisão preventiva, motivo pelo qual se torna urgente a conclusão desta sentença.

O Tribunal Judicial já marcou nova data tendo ficado agendado o dia 1 de julho, pelas 13h50.

Recorde-se que os factos deste processo remontam a 2014, tendo resultado na morte de uma utente na Instituição. O processo contempla dez arguidos , oito são atuais e antigos funcionários da Misericórdia de Alandroal, a própria instituição e a respetiva provedora da Santa Casa.

Estão todos acusados pelo Ministério Público de um crime de maus-tratos agravado pelo resultado.

Populares