15.9 C
Vila Viçosa
Sábado, Maio 18, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

Turismo: Dormidas de não residentes cresce 8% no Alentejo!

NiT

De acordo com os dados hoje avançados pelo INE, o setor do alojamento turístico1 registou 1,7 milhões de hóspedes e 4,2 milhões de dormidas em novembro de 2022, correspondendo a aumentos de 19,7% e 19,4%, respetivamente (+23,6% e +23,8% em outubro, pela mesma ordem).

Face a novembro de 2019, registaram-se variações de -1,0% e +4,3%, respetivamente. Em novembro, o mercado interno contribuiu com 1,3 milhões de dormidas e voltou a registar uma evolução positiva.

Todas as regiões exceto o Algarve (-6,9%) registaram crescimentos nas dormidas de não residentes, face a novembro de 2019 Em novembro, registaram-se aumentos das dormidas em todas as regiões. A AM Lisboa concentrou 32,9% das dormidas, seguindo-se o Algarve e o Norte (17,5% em ambas).

Comparando com novembro de 2019, registaram-se decréscimos no Algarve (-5,4%), Centro (-2,3%) e Alentejo (-1,6%).

Os maiores aumentos ocorreram na RA Madeira (+24,9%) e RA Açores (+8,3%). Na AM Lisboa registouse um crescimento de 5,0%, que poderá ter sido influenciado pela realização de um importante evento internacional em Lisboa.

Relativamente às dormidas de residentes, a RA Madeira destacou-se com um crescimento de 57,1% face a 2019. Em sentido contrário, os maiores decréscimos registaram-se no Alentejo (-5,8%) e Centro (-5,6%).

Comparando com novembro de 2019, registaram-se acréscimos nas dormidas de não residentes em todas as regiões, exceto no Algarve (-6,9%). Os maiores aumentos verificaram-se na RA Madeira (+21,0%), RA Açores (+14,7%), Norte (+8,8%), Alentejo (+8,0%) e AM Lisboa (+6,1%).

Em novembro, a estada média nos estabelecimentos de alojamento turístico (2,44 noites) diminuiu 0,3% (+0,1% em outubro). A estada média dos residentes (1,77 noites) aumentou 0,2% e a dos não residentes (2,95 noites) diminuiu 4,6%. Na RA Madeira e no Algarve, as estadas médias continuaram a atingir os valores mais elevados: 4,69 e 3,82 noites, respetivamente. A RA Madeira, a AM Lisboa e a RA Açores registaram diminuições nas estadas médias (-6,8%, -3,0% e -2,8%, respetivamente), tendo o maior crescimento ocorrido no Alentejo (+4,3%).

 Fonte: INE

Populares