Evora

Caloiros de enfermagem de Évora metem “mãos à obra” em “praxe construtiva” no hospital, diz Liga dos Amigos do HESE (c/som)

Publicado em Regional 26 setembro, 2018

60 caloiros da Escola Superior de Enfermagem de Évora vão pintar parte do muro que envolve o campus hospitalar de Évora, no âmbito da primeira Praxe Solidária em Benefício do Hospital de Évora, na tarde desta quarta-feira (26 de setembro).

David Prazeres, presidente da direção da Liga dos Amigos do HESE (Hospital do Espírito Santo de Évora) que faz voluntariado em saúde na unidade hospitalar, explica à RC que “é uma praxe simbólica” e representativa do “envolvimento da comunidade com as suas instituições”.

“60 novos alunos vão renovar a pintura do muro do campus hospitalar”

A iniciativa partiu de um aluno finalista do curso de enfermagem e membro da Comissão de Praxes, “que já tinha passado pela experiência do voluntariado” numa das equipas da Liga, e que lhes apresentou a ideia.

As despesas foram assumidas pela Liga dos Amigos do HESE, tendo contacto com a cedência de “alguns materiais de proteção” por parte do hospital.

O dirigente aponta que, contrariamente a outras praxes, muitas vezes considerados “degradantes”, esta é “construtiva e tem um efeito que é simbólico do envolvimento da partilha da comunidade com as suas instituições”, nomeadamente destes alunos que pretendem dedicar a sua vida e carreira profissional “a cuidar dos outros”.

 “Comparando com praxes que normalmente são mais degradantes […] esta é construtiva”

Desta forma, mostra-se curioso pela reação destes novos alunos que “vão pôr mãos à obra”, aponta, considerando que pretendem dedicar a sua vida e carreira profissional “a cuidar dos outros”.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Setembro 2019 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30