Evora

Câmara de Évora está “a pagar a tempo e horas a todas as escolas e agrupamentos”, diz Carlos Pinto de Sá (c/som)

Publicado em Regional 31 janeiro, 2019

Conforme a Campanário noticiou recentemente, o Agrupamento de Escolas nº4 de Évora, tem atualmente uma dívida de 162.006,76€ referente ao funcionamento dos Cursos Profissionais, Vocacional e CEF – Cursos de Educação e Formação, resultante da falta de pagamento por parte do POCH (Programa Operacional do Capital Humano).

Questionado sobre este assunto, o Presidente da Câmara Municipal de Évora, Carlos Pinto de Sá, diz que no Executivo “acompanhamos essas situações” e “em 2013 a Câmara também tinha dívidas aos agrupamentos e com algum significado e que procurou muito rapidamente ultrapassar”, sendo que “neste momento estamos a pagar a tempo e horas a todas as escolas, aquilo que são as competências da Câmara e os compromissos municipais”.

“Desse ponto de vista há um descanso para os diretores dos agrupamentos, que sabem o que é que contam da Câmara”, que é “exatamente com esse pagamento a tempo e horas”, sublinha o autarca. Contudo, “sabemos que há outros problemas, de ordem financeira, como há problemas da falta dos assistentes operacionais, como há problemas nas instalações”, admite Carlos Pinto de Sá.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Julho 2019 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 31