21 Jan. 2022
Augusta Serrano;
Fadistices
20:00-21:00

Conheça o vistoso e surpreendente pórtico em mármore da Igreja de Graça do Divor em Évora (c/fotos)

Regional 06 Dez. 2021

A igreja da Senhora da Graça destaca-se no alto de um monte, um pouco separado da aldeia da Senhora da Graça do Divor, devido ao majestoso pórtico de mármore.

A igreja está no alto de um monte ao lado do casario da aldeia. Devido à sua dimensão, ao longe, capta de imediato a nossa atenção. “É um bocado surpresa, sim. Não é muito comum ver-se a frontaria em mármore e surpreende.” O testemunho de Tânia Carapinha, residente na Senhora da Graça do Divor, evoca a reação de quem visita pela primeira vez a igreja.

O pórtico tem na parte da frente um arco de volta perfeita e dois laterais mais pequenos. Tudo em mármore e o conjunto destaca-se claramente. No entanto, quando da nossa visita, os tons claros do mármore e da fachada não conseguiam esconder os efeitos da humidade nas paredes.

O conjunto de azulejos impressiona com o domínio do azul em vários padrões. Admite-se que serão de meados do século XVII. “Ela é muito antiga e quando eu era pequena já tinha alguns sinais de degradação".

"As laterais da igreja são em azulejo e com o tempo alguns foram caindo. O altar é todo feito em talha dourada e foi renovado há cerca 6 anos.”

Como salienta Tânia Carapinha o retábulo do altar mor destaca-se pelo brilho da talha dourada, após o restauro. O retábulo é uma construção mais recente, da segunda metade do século XVIII. Ao lado estão dois altares mais pequenos. Todos eles encimados por um arco com pinturas.

Numa das paredes, a quebrar o domínio dos azulejos, estão pequenos quadros com peças de roupa que há algumas décadas atrás foram encontradas num baú e que seriam utilizadas para vestir as pequenas estátuas de santos.

A população tem uma forte relação com a igreja e alguns dos momentos mais relevantes das suas vidas têm a marca da Senhora da Graça. “Casamentos, batizados, catequese para os miúdos, primeira comunhão... Todas as pessoas de cá, inclusive dos montes em redor, vêm aqui casar, continua a ser utilizada para esse efeito.”

Alguns destes rituais são marcados pelo chamamento do sino que está num dos campanários da igreja, embora não se ouça todos os dias “porque ainda é dos antigos, tem de se puxar por uma corda.”

A igreja de Nossa Senhora da Graça está classificada como Monumento de Interesse Público e está na herdade da Água da Prata.

É muito próximo das nascentes do aqueduto da Água da Prata, construído no século XVI para abastecer Évora.

O vistoso e surpreendente pórtico em mármore da Igreja Graça do Divor faz parte do programa da Antena1 Vou Ali e Já Venho e a emissão deste episódio pode ouvir aqui.

In: Sapo.pt

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Janeiro 2022 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31