Imprimir esta página

Alandroal

“Corremos o risco de perder financiamentos já garantidos por falta de aprovação da assembleia municipal”, diz autarca de Alandroal (c/som)

Publicado em Regional 14 março, 2019

Após Carlos Miguel, secretário de Estado das Autarquias Locais, ter afirmado à Rádio Campanário que “mesmo com dívida, será mau para Alandroal, para o Alentejo e para o país, se perdermos 1 euro de fundos comunitários”, João Grilo, autarca de Alandroal afirma aos nossos microfones que “nunca iremos abdicar de fazer os investimentos que o concelho precisa para crescer”.

Para João Grilo “desde o início do mandato que delineamos uma estratégia muito forte de elaboração de candidaturas a fundos comunitários, que tem estado a correr muito bem, as aprovações têm sido contínuas. Temos muitos fundos comunitários já disponíveis, no entanto estamos a ter muitas dificuldades com os 15% da contrapartida nacional, que têm de ser da câmara”.

O autarca explica que “o governo criou uma linha especial para os municípios, estejam eles em dificuldades ou não, para acesso a empréstimo do Banco Europeu de Investimento com taxas de juro de praticamente zero, de modo a financiar estes 15%, mas a assembleia municipal de Alandroal entende que não deve aprovar estes financiamentos porque eles contribuem para o endividamento”.

“mostrámos neste ano de 2018 que reduzimos o endividamento em um milhão e setenta mil euros e que a redução do endividamento está seiscentos mil euros acima do previsto”
João Grilo

O autarca revelou aos microfones da RC que “corremos o risco de ter candidaturas e financiamentos aprovados e não termos orçamento de capital para fazer face na contrapartida nacional” devido ao facto de assembleia municipal não aprovar estes financiamentos.

João Grilo deixa a garantia de que “temos em caixa no município de Alandroal mais de dois milhões de euros, não temos falta de dinheiro, a assembleia municipal sabe disso, e não podemos tolerar a falta de obras no concelho”.