Alentejo

O Alentejo não tem o número de nutricionistas que necessita, reconhece presidente da ARS Alentejo (c/som)

Regional 14 Jun. 2018

A preocupação com as alterações demográficas trouxeram, esta semana, a bastonária da Ordem dos Nutricionista, Alexandra Bento, ao Alentejo para fazer um circuito pelas IPSS e lares de idosos do Sistema Nacional de Saúde.

Em declarações à RC, o presidente da Administração Regional de Saúde (ARS) do Alentejo, José Robalo, reconhece a região alentejana não tem o número de nutricionistas necessários, embora considere que tem “um conjunto de profissionais na área da nutrição que nos dão a garantia de um acompanhamento muito razoável”.

“Se me perguntar se temos o número de nutricionistas que necessitaríamos, digo-lhe que não”, afirmou o responsável, reconhecendo que ao nível de cuidados de saúde primários existe apenas “um número razoável e que nos responde particularmente às situações mais prioritárias”.

No que respeita aos Hospitais, José Robalo refere que os profissionais “respondem particularmente a tudo o que é alimentação hospitalar”, função na qual tentam coordenar a possibilidade de alguns doentes “poderem escolher ementas que se enquadrem na tradição alimentar alentejana”, revelou.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Novembro 2019 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30