11 Nov. 2019
Augusta Serrano;
Fadistices
20:00-21:00

Portel

Portel e Fundação da Casa de Bragança assinam protocolo para investimento de cerca de 2 milhões de euros na “recuperação e revalorização” do Castelo e ruas envolventes (c/som)

arquivo arquivo
Regional 02 Out. 2019

O Município de Portel e a Fundação da Casa de Bragança, com o apoio da Direção Regional de Cultura do Alentejo, viram recentemente aprovada uma candidatura para recuperar o Castelo de Portel e torná-lo mais acessível e seguro para os visitantes.

A informação foi avançada á Rádio Campanário pelo autarca José Manuel Grilo, que explica que o projeto foi candidatado no âmbito do contrato de comodato assinado entra a autarquia e a Fundação, proprietária do Castelo de Portel.

Segundo o autarca o projeto representa um investimento de “mais de 1 milhão de euros”, e contempla a “recuperação e revalorização” do monumento, visando sobretudo torná-lo mais “acessível e visitável”.

Investimento “vai tornar a vila mais atraente para quem a visita e para conhecerem melhor a história de Portel”
José Manuel Grilo, autarca

No mesmo âmbito de valorização do património existente na vila portelense a autarquia deu andamento a uma série de projetos relacionados com a “área envolvente” ao monumento, acrescentou José Manuel Grilo.

Recentemente o foi concluída a aquisição de um terreno envolvente à muralha do Castelo, que o Município vai transformar em “espaço de lazer e miradouro”, virado para a zona sul da vila. Este projeto contempla ainda o edifício do antigo arquivo, que vai ser transformado em “Centro de Interpretação do próprio Castelo”.

Em andamento estão já obras de requalificação de “todas as vias e ruas de acesso” ao Castelo, através de uma obra assente na componente de “mobilidade urbana” em que a autarquia pretende tornar as ruas mais acessíveis e de fácil circulação, explicou José Manuel Grilo.

Ao todo a autarquia de Portel vai investir “cerca de 2 milhões de euros” em empreitadas relacionadas com o Castelo, todas elas com candidaturas aprovadas em que os principais eixos de investimento são a “segurança” dos visitantes do monumento e a acessibilidade e atratividade desta zona histórica na vila alentejana.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Novembro 2019 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30