Alentejo

PS de Évora propõe 12 medidas para o Alentejo

Regional 13 Ago. 2019

A Comissão Política Distrital de Évora do PS aprovou o seu programa eleitoral do qual constam 12 medidas de âmbito regional de fundamental importância para o desenvolvimento da região e o bem-estar dos Alentejanos.  Essas medidas são as seguintes:

1-Criação do curso de Medicina na Universidade de Évora em articulação com o novo Hospital Central do Alentejo.

2-Conclusão da ligação ferroviária Sines - Caia com plataformas logísticas no Alandroal e em Vendas Novas, assegurando também o transporte de passageiros e modernização dos troços ferroviários Casa Branca - Beja e Poceirão- Vendas Novas.

3-Finalização do IP2, incluindo as variantes a Évora e a Estremoz e o ramal S. Manços, Reguengos de Monsaraz, Mourão.

4-Solução, economicamente viável, que retire o trânsito de viaturas de transporte pesado do centro das cidades de Montemor-o-Novo, Reguengos de Monsaraz e Vendas Novas.

5-Expansão do regadio nos Concelhos de Alandroal, Évora, Montemor-o-Novo, Mourão, Portel, Redondo, Reguengos de Monsaraz e Viana do Alentejo no total de 23 mil hectares a partir das Barragens de Alqueva e dos Minutos.

6-Aposta, no Quadro da Reforma da Floresta e do novo período de programação dos Fundos Comunitários, na criação de um Programa de Defesa e Conservação do Montado, abrangendo as diversas componentes do ecossistema: floresta, cortiça e demais recursos silvestres e faunísticos.

7-Definição de uma estratégia de relançamento do setor dos mármores e reabilitação da sua zona envolvente, que contribua para o desenvolvimento sustentado da região com especial impacto nos Concelhos de Alandroal, Borba, Estremoz, Redondo e Vila Viçosa.

8.Promoção da habitação para jovens e novas residências universitárias nomeadamente através do aproveitamento das instalações do Hospital do Espírito Santo, logo que fiquem devolutas em virtude da entrada em funcionamento do novo Hospital Central do Alentejo.

9.Forte investimento no reforço, na diversidade e na proximidade de serviços de apoio às crianças, aos idosos e a todas as pessoas em situação de vulnerabilidade nomeadamente os cidadãos portadores de deficiência, os doentes necessitados de cuidados especiais e as vítimas de violência doméstica.

10.Consolidação da estratégia regional de turismo nas suas diversas vertentes, reforçando a sua dimensão cultural através da recuperação e do aproveitamento de imóveis públicos de elevado valor patrimonial como é o caso, por exemplo, da Fortaleza de Juromenha, do Conventinho do Bom Jesus de Valverde, da Casa das Fardas em Estremoz e do Convento Novo em Évora.

11.Implementação de uma rede de praias fluviais e de centros náuticos no lago de Alqueva e ligação por ciclovia de todos os concelhos do Distrito de Évora.

12.Apoio à candidatura de Évora a Capital Europeia da Cultura 2027.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Dezembro 2019 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31