Sousel

Sousel prepara candidatura a 300 mil euros para converter “via ferroviária desativada” em ecopista (c/som e fotos)

Regional 13 Jun. 2018

O Município de Sousel prepara candidatura a fundos comunitários, para conversão da linha férrea em ecopista, num investimento previsto superior a 300 mil euros.

Já se encontram a decorrer os trabalhos de remoção “da parte férrea e das madeiras da via ferroviária”, estando em preparação a candidatura a fundos comunitários, avança à RC, Manuel Valério, presidente da Câmara Municipal de Sousel.

A candidatura “tem que ser entregue até ao final do mês (junho) na CCDR (Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional)”.

No global, o projeto visa a conversão da “via ferroviária que neste momento está desativada” entre Portalegre e Vila Viçosa, num circuito ciclável e pedonal, de carácter turístico. Neste momento, “Fronteira já está em obra”, pois já viu a sua candidatura ser aprovada, existindo também candidatura “de Vila Viçosa até ao concelho de Estremoz”.

Contudo, o autarca aponta que “as verbas neste momento são um pouco mais reduzidas”.

O Plano PluriAnual de Investimentos do ano 2018 do Município de Sousel, determina 2 600 euros para o projeto da Ecopista e 350 100 euros para a obra.

A Rede de Percursos em Natureza Alentejo Feel Nature (projeto ao nível da Comunidade Intermunicipal do Alto Alentejo), prevê a criação da maior ecopista da Península Ibérica, que ligará Vila Viçosa a Portalegre, revalorizando a plataforma ferroviária e o património edificado adjacente.

 

 

O município já iniciou os trabalhos de remoção do ferro e madeiras da linha férrea:

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Fevereiro 2020 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29