7 C
Vila Viçosa
Terça-feira, Abril 23, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

Universidade de Évora revela que existem  800 casais de Coruja-das-Torres em Portugal.

Numa iniciativa pioneira, Portugal concluiu o primeiro censo nacional da coruja-das-torres, contabilizando cerca de 800 casais da espécie em Portugal continental e na Madeira. O estudo, anunciado pela Universidade de Évora (UÉ), contou com a participação de mais de 1.100 voluntários dedicados à causa da conservação.

Este censo representa um marco importante para a biodiversidade do país, e oferece uma visão detalhada sobre a distribuição e o número desta espécie emblemática. A coruja-das-torres, conhecida pela sua característica face em forma de coração e pelos seus hábitos noturnos, é um indicador valioso da saúde dos ecossistemas onde habita.

A ampla mobilização de voluntários reflete o interesse e preocupação com a conservação da natureza em Portugal. O esforço conjunto permitiu não apenas mapear a presença desta ave em diversas regiões, mas também sensibilizar a população para a importância de proteger a fauna autóctone.

A Universidade de Évora destaca a importância deste censo para a conservação da coruja-das-torres e para o estudo da biodiversidade em Portugal. Os dados recolhidos fornecerão uma base sólida para futuras iniciativas de conservação e para o desenvolvimento de estratégias de proteção desta e de outras espécies.

Com este censo, Portugal dá um passo significativo na preservação da sua rica biodiversidade, demonstrando o poder da colaboração entre instituições acadêmicas, organizações de conservação e a comunidade em geral. A iniciativa sublinha o compromisso do país com a sustentabilidade ambiental e com a proteção do seu património natural.

Populares