28.7 C
Vila Viçosa
Sexta-feira, Maio 24, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

Vila Viçosa: “É necessário intervir nos mercados, regulando preços máximos” diz João Pimenta Lopes (c/som e fotos)

No âmbito das “Jornadas de Trabalho dos Deputados do PCP no Parlamento Europeu no Distrito de Évora”, o eurodeputado João Pimenta Lopes, esteve hoje presente no Mercado Municipal de Vila Viçosa para dar a conhecer as medidas apresentadas pelo PCP no Parlamento Europeu, e também no Parlamento Português, para combater as situações de precariedade e aumento constante de preços que o nosso país atravessa.

A Rádio Campanário esteve presente e falou com o eurodeputado sobre a finalidade da sua visita a Vila Viçosa e sobre as propostas a apresentar, nas quais começou por referir que “esta visita integra-se numas jornadas dos deputados do PCP no distrito de Évora, umas jornadas que têm percorrido todo o país, que se iniciaram em setembro do ano passado e que terminarão em outubro deste ano. Vamos percorrer todos os distritos e tentaremos percorrer o máximo de concelhos, com o máximo da população, no sentido de ouvir os problemas concretos com que as populações se confrontam. O exemplos que pudemos ouvir aqui hoje pela manhã, aqui no Mercado de Vila Viçosa, são os problemas que temos ouvido por todo o país. Um aumento brutal do custo de vida, os baixos salários e pensões, a perda muito significativa de poder de compra, que tem repercussão depois naquilo que as pessoas deixam de poder comprar”.

“As questões da habitação têm marcado muito também estas visitas. Começámos logo aqui com uma senhora a dizer que, uma vizinha, em três meses, viu a renda da casa aumentar em 260 euros e, isto tem que ver também com aquilo que são políticas da União Europeia, que impactam diretamente no nosso país. Outra questão é a questão da produção nacional e dos baixos salários e, num distrito como o de Évora, com tanta potencialidade produtiva, é necessário valorizar a produção nacional, os pequenos e médio produtores, garantindo simultaneamente aquilo que seja a valorização salarial dos trabalhadores, o combate à precariedade e, não é possível que as pessoas continuem a viver na situação atual com tão baixos salários dificultam a qualidade de vida, principalmente nos jovens que querem iniciar a sua vida, constituir família, sair de casa dos pais e, para isso, são necessárias políticas públicas direcionadas à habitação, valorizar salários, contrariar a precarização geral do trabalho e valorizar os serviços públicos”, acrescentou.

Quando questionado sobre as propostas apresentadas pelo PCP para contrariar todos esses problemas mencionados, João Pimenta Lopes referiu que “é necessário valorizar a produção nacional. Utilizar os fundos comunitários, o Orçamento de Estado, investir e contribuir para o desenvolvimento da produção nacional que possibilite a inserção das populações ao invés do abandono das suas terras. É necessário melhores salários, valorizar as pensões de reforma, porque já ouvimos relatos de pessoas com pensões miseráveis, que estão a viver em grandes dificuldades e, é necessário, intervir nos mercados, regulando preços máximos”.

Populares