26.5 C
Vila Viçosa
Sábado, Junho 15, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

“A escolha de Évora como Capital Europeia foi a escolha certa; a cidade “respira” cultura” diz Rafael Canas(c/som)

 

 

No dia 7 de dezembro de 2022, a presidente do Painel de Seleção das Capitais Europeias da Cultura anunciou que a cidade de Évora foi recomendada para o título de Capital Europeia da Cultura 2027 em Portugal.

Évora é a capital histórica da região do Alentejo, no Sul de Portugal. O seu conceito para a Capital Europeia da Cultura baseia-se no «Vagar», que é um modo de vida e um elemento forte do património imaterial da região, refletindo a necessidade urgente de a Europa e os europeus passarem para uma «filosofia de vida lenta».

 A recomendação foi feita por um painel de peritos independentes que avaliou as candidaturas das quatro cidades portuguesas incluídas na lista restrita.

A escolha de Évora foi muito bem recebida quer pela comunidade, quer pelas entidades, não só deste concelho mas também de todo o Alentejo, considerando as mesmas que tal escolha beneficiará toda a região.

A Rádio Campanário, à margem  da realização do primeiro Encontro de Tunas do Alentejo, falou com o Presidente da Tuna Académica da Universidade de Évora, Rafael Canas, sobre a importância desta escolha para o meio académico da cidade.

Rafael Canas começou por nos referir “para mim, a escolha de Évora como Capital Europeia da Cultura, foi a escolha certa pois nós temos muita cultura, muitos grupos dedicados a várias áreas como a música, teatro, pintura, dança, entre outras.”

Para o Presidente da Tuna Académica “se no âmbito desta escolha a cidade tiver mais atividades culturais, é muito bom para todos os grupos culturais existentes no concelho , para nós enquanto Tuna e também para todos os eborenses.”

O facto da escolha ter recaído em Évora, é para Rafael Canas, “bom para todos e em especial para o Alentejo”.

Desde 1985, as Capitais Europeias da Cultura tornaram-se num dos projetos culturais mais ambiciosos da Europa e uma das atividades mais apreciadas da União Europeia.

Os objetivos desta iniciativa são proporcionar aos europeus a oportunidade de aprenderem reciprocamente sobre as respetivas culturas, desfrutarem da sua história e valores comuns, viverem o sentimento de pertença à mesma comunidade europeia, estreitarem laços e desenvolverem parcerias culturais europeias, bem como sublinhar o papel da cultura no desenvolvimento das cidades.

 

 

Populares