34.8 C
Vila Viçosa
Quarta-feira, Julho 17, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

“A Madalena foi uma aluna excelente e por isso é hoje uma artesã certificada na dos Bonecos” diz mestre Jorge da Conceição(c/som)

 

Foi esta manhã inaugurada, no Centro Interpretativo do Boneco de Estremoz, a exposição “Os Bonecos de Estremoz na vida de Madalena Bilro.”

Madalena Bilro, trabalha a arte do Boneco de Estremoz há 8 anos mas foi a formação que fez que lhe traçou o destino neste setor, aprendendo a técnica de modelação e pintura para a produção do mesmo.

O Mestre Jorge da Conceição foi um dos responsáveis pela aprendizagem de Madalena Bilro nesta área e esteve à conversa com a RC, no momento da inauguração desta exposição.

O Mestre começou por nos referir “a Madalena é uma apaixonada dos bonecos e isso é meio caminho andado para se abraçar esta arte” acrescentando que “a autora, desde sempre, revelou, durante o curso, um talento extraordinário para a criação dos bonecos, não se limitando ao que era feito nas aulas e levando muitas vezes trabalho para casa, procurando sempre o ir mais longe, o ir mais além.”

Para Jorge da Conceição o facto de Madalena ter tido bons resultados fez com que abraçasse esta arte “sendo hoje uma das artesãs certificadas na produção dos Bonecos de Estremoz.”

Para o Mestre “é um enorme orgulho ter contribuído para este percurso” acrescentando “ensinei-lhe tudo o que podia ensinar e ela foi uma excelente aluna porque captou tudo muito bem e esta exposição é prova disso.”

Para Jorge da Conceição, Madalena Bilro “está a fazer o seu percurso, com um estilo muito pessoal, respeitando a tradição e com um coletivo de clientes e amigos que têm feito com que ela produza mais.”

Para quem é mestre na arte, “a sensibilidade no momento da produção do mesmo é fundamental” pois “quando estamos a fazer o boneco, no momento em que o pintamos, damos-lhe vida. Sendo um “filho nosso que sai”.

Para Jorge da Conceição “no momento em que lhe damos vida, temos que estar tranquilos connosco próprio para termos a certeza que aquele filho está preparado para ser o embaixador desta arte na casa de alguém.”

 

 

Populares