23.2 C
Vila Viçosa
Domingo, Julho 21, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

“A nossa matança do porco vai no sentido do mais tradicional possível”, diz João Monteiro (c/som)

Decorre no dia de hoje, 25 de março, na freguesia de São Domingos de Ana Loura, no concelho de Estremoz, a VII Matança Tradicional do Porco, organizada pela Associação Cultural e Recreativa Nova Geração.

A Rádio Campanário esteve presente nesta tradição tão alentejana e falou com o presidente da Associação Cultural e Recreativa Nova Geração, João Monteiro, sobre esta tradicional matança do porque e sobre a promoção da mesma, na qual o presidente da associação começou por referir que “esta matança já vem desde 2016, ou seja já vai na sétima edição”.

João Monteiro foi questionado sobre o processo da matança de um porco, ao qual explicou à nossa redação que “depende de cada organização. A nossa metodologia da matança do porco, vai no sentido do que era a matança do porco antigamente, ou seja, havia a matança, depois havia a degustação dos produtos resultantes dessa matança e, de seguida, havia sempre quem tivesse cantares alentejanos quem tivesse um acordeão ou uma concertina para tocar, e é isso que nós temos aqui nesta tarde cultural, cante alentejano e pessoas que tocam concertina”.

“Temos também dois jovens, um com 18 e outro com dez anos, que foram ao concurso de Acordeão de Ouro da Praça da Alegria da RTP, e o Dinis Reis ganhou o concurso e a Beatriz ficou em segundo lugar. Portanto, nós trazemos artistas e queremos promover também os grandes artistas que temos”, acrescentou.

O presidente da associação organizadora, foi ainda questionado sobre quem confecionou o porco da matança e referiu que “temos pessoas especializadas na confeção destes produtos porque a cachola, a friginada e a carne assada têm uma característica especial do que era anteriormente, não é como nos é apresentado nos restaurantes habitualmente, é o mais tradicional possível”.

Populares