34.8 C
Vila Viçosa
Quarta-feira, Julho 17, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

Amanhã é “Dia Internacional da Criança Desaparecida”, ouça aqui os conselhos da GNR (C/som)

https://pixabay.com

O Dia Internacional da Criança Desaparecida celebra-se anualmente a 25 de Maio, amanhã.

Esta data tem o objetivo de alertar as pessoas sobre todas as questões relacionadas com o desaparecimento de crianças e adolescentes.

Em Portugal foi assinalado pela primeira vez em 2004, por iniciativa do Instituto de Apoio à Criança (IAC) de forma a sensibilizar a comunidade para este flagelo.

Sempre que desaparece uma criança é importante agir rapidamente, diz o Tenente Coronel Rogério Copeto da GNR de Évora, pois podemos estar perante um crime, o desaparecimento de uma criança não é igual ao de um adulto.

O Tenente Coronel Rogério Copeto, Vice Comandnate do Comando Terriotrial da GNR de Évora, em declarações à rúbrica da Rádio Campanário “Alentejo Seguro”.

As 24 horas não se aplicam ao desaparecimento de crianças, são mesmo um mito que é preciso desfazer.

Aqui ficam os procedimentos a tomar em caso de desaparecimentos.

O Tenente Coronel Rogério Copeto, Vice Comandnate do Comando Terriotrial da GNR de Évora, em declarações à rúbrica da Rádio Campanário “Alentejo Seguro”.

O Dia Internacional das Crianças Desaparecidas é celebrado todos os anos no dia 25 de maio. Esta data foi escolhida porque a 25 de maio de 1979, Ethan Patz, criança de seis anos de idade que vivia em Nova Iorque, desapareceu e nunca mais foi encontrada. Nos anos seguintes, pais, familiares e amigos, reuniram-se na data do seu desaparecimento.

Em 1983, o Presidente dos EUA, Ronald Reagan, decidiu dedicar este dia a todas as crianças desaparecidas e em 1986, o dia 25 de Maio adquire uma dimensão internacional. Em Portugal, por iniciativa do Instituto de Apoio à Criança (IAC), foi assinalado pela primeira vez em 2004.

A União Europeia criou um número único para as crianças desaparecidas – 116000. Este número é gratuito e funciona 24 horas por dia. Em Portugal, a organização responsável por esta linha é o IAC.

 

Populares