15.9 C
Vila Viçosa
Sábado, Maio 18, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

Ana Abrunhosa: Uma palavra especial à população do Pisão, que terá que começar a planear a mudança.

Ontem, dia 13 de janeiro de 2024, foi assinado o reforço com a reprogramação do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) no Crato. O projeto da construção da Estação de Aproveitamento Hidroagrícola e Florestal do Crato, também conhecida como barragem do Pisão, recebeu um reforço de financiamento superior a 20 milhões de euros. O evento contou com a presença do Primeiro Ministro, António Costa, e outros membros do governo, incluindo a Ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa.

A Rádio Campanário esteve presente no evento e teve a oportunidade de conversar com a Ministra sobre a importância deste projeto.

 (…)Como o senhor Primeiro-Ministro disse, ‘para a frente e a barragem do Pisão vai para a frente’. Este projeto conta com o apoio do governo e da região, e a complexidade do mesmo está praticamente concluída. A partir do final do ano, começaremos a ver a obra no terreno. Não estamos apenas a falar de uma barragem, mas também de um projeto de regadio de grande importância para a agricultura. Além disso, será fundamental para a produção de energia, promovendo o autoconsumo e não podemos esquecer o impacto positivo que terá no turismo desta região.

Este projeto só é possível graças ao investimento significativo do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR). É, de facto, o maior projeto levado a cabo pela CIM (Comunidade Intermunicipal), e, por isso, quero expressar o meu agradecimento pelo trabalho da CIM e da sua equipa técnica.

Quero também dirigir uma palavra muito especial à população do Pisão, que a partir de agora, terá que começar a planear a sua mudança, pois quando as obras começarem, não será possível manter a população na área de construção.

 

 

Populares