31.5 C
Vila Viçosa
Sábado, Julho 20, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

Beja: Obras na EM511 provocam o primeiro acidente e levantam questões de segurança.

As obras na Estrada Municipal 511 (EM511), popularmente conhecida como “Estrada da Salvada”, resultaram no primeiro acidente rodoviário, que ocorreu às 09h20 desta sexta-feira. A condutora de um veículo ligeiro de passageiros saiu ilesa após o carro ter capotado.

O incidente ocorreu enquanto o veículo circulava no sentido Beja/Salvada (norte/sul). O carro saiu da estrada, caiu por uma ribanceira e ficou preso na rede de vedação de um olival existente no local.

As obras na via começaram no dia 23 de maio, num troço de cerca de quatro quilómetros após a saída de Beja, com a mesma extensão até à entrada do lagar. O trânsito faz-se nos dois sentidos, exceto no local onde as máquinas estão a trabalhar, onde a circulação é feita de forma alternada, sem sinalização luminosa.

Nelson Gatinho, presidente da União de Freguesias de Salvada e Quintos, afirmou ao Lidador Notícias (LN) que a empresa responsável pela obra tinha assegurado que a estrada não seria completamente interrompida. “Rasgaram apenas uma via, fazendo a circulação pela outra de forma alternada, com semáforos no local,” explicou.

O autarca garantiu que irá apurar junto do responsável pela obra a razão pela qual toda a estrada foi rasgada, contrariando o que havia sido comunicado inicialmente. “Vamos perceber com o responsável da obra porque é que rasgaram toda a estrada, quando o que foi dito é que seria só numa das vias,” concluiu.

Os automobilistas manifestam descontentamento com o estado atual da estrada e a falta de segurança. “Quando estavam a trabalhar fora da estrada, havia semáforos, agora desapareceram. De noite, a falta de sinalização é gigantesca, o que vai provocar mais acidentes,” afirmou um condutor que preferiu não ser identificado.

Foto: O LIDADOR

Populares