17 C
Vila Viçosa
Domingo, Julho 21, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

Bombeiros de Vila Viçosa aumentam corpo ativo com a entrega de divisas de Bombeiros de 3ª a quatro jovens (c/fotos e som)

O quartel dos Bombeiros Voluntários de Vila Viçosa recebeu esta quarta-feira, 31 de agosto, uma cerimónia de promoção de jovens bombeiros.

Quatro bombeiros passaram assim a Bombeiros de 3ª, depois de nos últimos meses terem frequentado uma formação onde aprenderam todas as técnicas relacionadas com o combate aos incêndios, com o socorro das populações, entre outras missões destinadas aos soldados da paz.

Uma cerimónia que foi acompanhada pela Direção da Associação Humanitária, pelo Comandante Carlos Vitorino, pelo 2º Comandante Nuno Pinheiro e por muitos amigos e familiares.

Foram promovidos a bombeiros de 3º categoria os jovens João Claréu, Beatriz Gonçalves, Marco Rocha e Luis Gromicho.

A Rádio Campanário marcou presença e falou com um dos jovens, Luis Gromicho, que começou a frequentar os bombeiros assumindo no fundo, um legado de família, afirmando que a partir de “agora posso começar a ajudar a sério as pessoas”.

 

Por sua vez, o Comandante Carlos Vitorino mostrou-se feliz, salientando  que “são quatro mas deviam ser quarenta”, destacando assim a dificuldade em mobilizar jovens que queiram ser bombeiros. Carlos Vitorino lamentou a dificuldade em manter os bombeiros sem praticamente apoios das entidades competentes.

 

Já o 2º Comandante, Nuno Pinheiro, explica que a partir de agora estes quatro jovens “podem começar a acompanhar a corporação para todas as ocorrências a nível do país inteiro”. Questionado sobre diferenças da formação de hoje relativamente à sua de quando começou à 29 anos atrás

 Nuno Pinheiro salienta que “a formação é diferente, os fogos são diferentes, o equipamento é diferente, tudo era diferente, na altura não tinha a preocupação da segurança e nem havia lei que não permitisse os menores de atuar”. O 2º Comandante explica ainda como é feita a formação de um bombeiro, dizendo que “ têm que fazer seis módulos de formação, já se pede muito ao voluntário, mas faz falta porque fazem módulos de fogos florestais, equipamentos e viaturas, legislação e organização, de desencarceramento e o modulo de saúde”.

 

Falamos ainda com o Vice-Presidente da Direção dos Bombeiros Voluntários de Vila Viçosa, Inácio Esperança, que explica que estes bombeiros agora promovidos vieram das escolinhas, afirmando que “estamos muito felizes porque conseguimos, apesar de todas as dificuldades, formar quatro bombeiros, equipa-los e prepara-los para os mais variados cenários”.

Questionado sobre os apoios à corporação, Inácio Esperança, afirmou que “as instituições nacionais deveriam financiar mais os bombeiros e a nível local a Câmara Municipal e as Juntas de Freguesia também poderiam apoiar a instituição nomeadamente na área da formação, salientando ainda, que neste capitulo os apoios tem sido bastantes escassos.

 

 

Populares