28.7 C
Vila Viçosa
Quarta-feira, Julho 24, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

Caminhada pela Vida em Évora: “Esperamos mais de 700 pessoas para, juntos, celebrarmos a vida” diz Pedro Giões(c/som)

 

No dia 18 de março, o povo pró-vida sai à rua em 10 cidades do país para a XIª Caminhada pela Vida.

Aveiro, Braga, Coimbra, Évora, Funchal, Guarda, Lisboa, Porto, Santarém e Viseu unem-se para reafirmar a dignidade da vida humana, a partir das 14h30, numa caminhada pela Vida.

A organização espera milhares de pessoas a participarem e que de norte a sul de Portugal irão caminhar para defender o respeito por toda a vida humana desde a concepção até à morte natural.

A Caminhada pela Vida é promovida pela Federação Portuguesa Pela Vida em conjunto com associações e pessoas individuais.

O Alentejo integra esta iniciativa com uma caminhada a realizar em Évora.

A Rádio Campanário falou com Pedro Giões, coordenador da iniciativa e que começou por nos referir “esta caminhada pretende assinalar a alegria de viver” acrescentando “hoje em dia, é nossa preocupação, dar um sinal de que devemos viver com dignidade e acreditar na vida.”

Para a organização desta iniciativa, que em 2022 contou com a participação de mais de 20 mil pessoas na totalidade das cidades aderentes, “esta é uma manifestação da família pela alegria da Vida e de viver.”

A Caminhada, em Évora, será no próximo dia 18 de Março pelas 14h30, com concentração na Porta Velha da Lagoa, Rua Cândido dos Reis, junto ao Calvário. O percurso será Porta Velha da Lagoa (junto ao Calvário) – Rua Cândido dos Reis – volta ao largo do Teatro Garcia de Resende – R. José Elias Garcia – Largo Luiz de Camões – Rua João de Deus – Praça do Giraldo – Rua Cinco de Outubro – Largo do Marquês de Marialva (Catedral) – Templo Romano. Está programado um momento conclusivo com intervenções musicais e discursos sobre um palco no espaço junto ao Templo Romano.

Com a iniciativa, que o ano passado não se realizou devido ao mau tempo, está assim de regresso este ano e conforme nos explicou Pedro Giões “pode participar quem quiser, não é necessária inscrição prévia, basta comparecer no local de partida da caminhada.”

Para Pedro Giões é importante “que a Sociedade retome o hábito de conviver entre as pessoas , depois de um período de pandemia, que se juntem, que convivam e que deem alegria à vida.”

Na última caminhada realizada em Évora, em 2021, participaram cerca de 500 pessoas. Para este ano de 2023 as expetativas são mais elevadas e a organização espera juntar “mais de 700 participantes.”

 

Populares