12 C
Vila Viçosa
Sexta-feira, Dezembro 8, 2023

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

Comentário semanal do eurodeputado Carlos Zorrinho aos microfones da Rádio Campanário!(c/som)

Na revista de imprensa de hoje, 24 de outubro, terça-feira, recebemos em antena o eurodeputado socialista Carlos Zorrinho, que se juntou a nós para comentar algumas das manchetes que abriram a agenda informativa de hoje.

Na ordem do dia estiveram:Novembro vai ser dramático sem um acordo entre Médicos e Governo diz Diretor Executivo do SNS, Indústrias da moda fazem disparar desemprego na maior subida desde a pandemia Migrações.-1 em cada 10 pessoas a viver em Portugal é emigrante- 24% desde 2012.

No que diz respeito ao primeiro tema, o eurodeputado do Partido Socialista começou por dizer que “se o diretor executivo do SNS diz isso, tem que aturar” acrescentando “a formação de médicos é muito importante mas é uma solução a médio prazo , não é uma solução para este novembro “.

Carlos Zorrinho destaca que “o mais importante é que as negociações continuam, é bom que continuem e que haja bom senso dos dois lados e que o Sindicato e o governo possam chegar a acordo em nome dos Portugueses e das Portuguesas.”

Relativamente ao segundo tema, o Eurodeputado socialista começou por referir “nós temos uma economia que tem uma forte componente de serviços e de exportação , nomeadamente nas designadas indústrias da moda, calçado, vestuário e outras, e muitos dos Países que são nossos importadores estão com níveis de crescimento.”

Ainda a este propósito Carlos Zorrinho sublinhou “a economia europeia está a encolher e por isso é quase normal isto estar a acontecer podendo também verificar-se aqui o fenómeno da robotização .”

Ainda assim, sublinha “o que é fundamental é que “as pessoas que neste momento perderam o seu emprego sejam rapidamente qualificadas e integradas, que as indústrias sejam auxiliadas para que possam ser competitivas para os níveis de emprego, que ainda são muito altos em Portugal, se mantenham.”

No que se refere ao terceiro e último tema, o eurodeputado Carlos Zorrinho considera-o “estrutural” considerando que “há situações de emergências com refugiados.”

“As migrações são um fenómeno estrutural; Portugal já foi um país de forte imigração , agora está a ser um país com alguma emigração”salientou Carlos Zorrinho referenciando ainda que “ o número de inclusão de migrantes em Portugal tem sido bastante bom” ainda assim “é necessária grande atenção por parte das autoridades.”

Populares