37 C
Vila Viçosa
Quarta-feira, Julho 24, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

Conheça alguns dos produtos que sofrem embargo da Rússia e que poderão afetar a região alentejana

A Direção Regional de Agricultura e Pescas do Alentejo, divulgou no seu site os produtos agroalimentares, matérias-primas e produtos alimentares, embargados, com o prazo de um ano, de importação na Federação Russa.

Segundo o documento agora divulgado as carnes frescas ou congeladas de bovino, suíno e aves, são alguns dos produtos que sofreram o embargo da Russia, sendo que contam também os enchidos, e produtos análogos, de carne, subprodutos de carne ou sangue e ainda produtos cozinhados à base destes produtos.

Mas neste embargo incluem-se outros produtos como leite, fruta, queijos, e outros produtos à base de gorduras de origem vegetal.

Entretanto a Comissão Europeia, ainda liderada por Durão Barroso, anunciou o apoio de 125 milhões de euros para os agricultores europeus de forma a compensar a quebra nas vendas causada pelas sanções impostas por Moscovo, pois como já referimos no início do mês a Rússia anunciou que vai deixar de importar produtos agrícolas e alimentares dos países membros da União Europeia, dos EUA, do Canadá, da Austrália e da Noruega durante um ano, em resposta às sanções económicas que já haviam sido aplicadas pelo Ocidente na sequência da crise na Ucrânia.

O fundo disponibilizado pela UE irá servir para compensar os produtos frescos que não vão ser vendidos.

“Com efeitos a partir de hoje, vou accionar as medidas de emergência da PAC que vão reduzir a oferta global de um certo número de produtos vegetais e de fruta no mercado europeu assim que a pressão dos preços se torne demasiado elevada nos próximos meses”, afirmou o comissário europeu para a Agricultura, Dacian Ciolos. 

Foto:D.R.

Populares