13.2 C
Vila Viçosa
Domingo, Maio 19, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

Detetada Febre do Nilo em Viana do Alentejo

A Direção Geral de Alimentação e Veterinária (DGVA) confirmou a deteção de um caso de Febre do Nilo Ocidental (West Nile Fever) num equino na região do Alentejo, nomeadamente no concelho de Viana do Alentejo, distrito de Évora, revelou esta sexta-feira, dia 12 de outubro, a Comissão Veterinária da Federação Equestre Portuguesa (FEP), que foi de imediato alertada para o caso.

A DGAV irá assim implementar medidas sanitárias nos equinos existentes nas freguesias da zona de vigilância, em conformidade com o Plano de Vigilância da Febre do Nilo Ocidental (disponível no portal da DGAV em “Doenças dos animais”). Ao mesmo tempo, a Federação Equestre Portuguesa, através de um comunicado, procurou “chamar a atenção de todos os médicos veterinários ligados a esta Federação bem como proprietários de cavalos e cavaleiros para esta situação”.

A Febre do Nilo Ocidental (FNO) é uma doença causada por um vírus relacionado com as encefalites equinas, que é transmitida por mosquitos, sendo sensíveis a este as aves selvagens, os equinos e o homem. As aves selvagens são hospedeiros primários da FNO, mantendo-se o vírus em circulação pelo ciclo de transmissão do mosquito para a ave selvagem e desta para o mosquito, enquanto que os equinos e os seres humanos são hospedeiros finais do vírus. Sendo que neste caso a doença é transmitida através da picada de mosquitos infetados.

Populares