28.7 C
Vila Viçosa
Sexta-feira, Maio 24, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

O Festival do Crato ajuda a fixar os turistas e aumenta a sua taxa de permanência na região, diz Ceia da Silva (c/ som)

Foto: Rádio Campanário

O Festival do Crato foi inaugurado na tarde desta terça-feira, 23 de agosto, numa cerimónia que contou com a presença de várias individualidades da vida política e social da região e do país. A Rádio Campanário esteve presente e falou com António Ceia da Silva, presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo.

Pouco passava das 18h00 quando arrancou, perante uma multidão, a 36.ª edição do Festival do Crato, que se prolonga até ao próximo dia 27 de agosto. Para Ceia da Silva, que antes de liderar a CCDR-Alentejo comandou os destinos do Turismo da Região, este Festival reveste-se da maior importância, uma vez que, por um lado, ajuda a fixar os turistas, aumentando o tempo de permanência em que estes ficam na região e, por outro, leva as pessoas a “saírem do sofá” e a visitarem as iniciativas culturais que acontecem e dinamizam o Alentejo, neste caso em particular a vila do Crato.

Concretamente sobre a Feira de Artesanato e Gastronomia, Ceia da Silva não tem dúvidas de que é o trabalho de excelência dos produtores com os seus produtos endógenos (enchidos, queijos e vinhos) que também garante uma “dinâmica importantíssima” para o território.

O Festival do Crato, que se iniciou ontem, prolonga-se até ao próximo dia 27 de agosto e conta com a atuação de nomes sonantes do panorama musical português e internacional, uma edição que, como a Campanário lhe noticiou, será para o presidente do município, Joaquim Diogo, “a melhor de sempre”.

Populares