37 C
Vila Viçosa
Quarta-feira, Julho 24, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

Projecto Viver Património promovido pela União das Misericórdias Portuguesas candidata-se a fundos do quadro comunitário para reabilitar o património Alentejano (c/som e fotos)

Foi apresentado o projecto Viver Património promovido pela União das Misericórdias Portuguesas, na passada segunda-feira, dia 20, no Auditório do Centro Cultural de Redondo.

A Santa Casa da Misericórdia de Vila Viçosa, juntamente com as congéneres de Évora, Alcáçovas e Redondo integra esta iniciativa, com a inclusão da Rota das Igrejas da Misericórdia do Alentejo. O objectivo deste projecto passa pela criação de um circuito de visitas ao património das Misericórdias envolvidas.

A Santa Casa da Misericórdia de Vila Viçosa integra esta iniciativa, com a inclusão da Igreja do Espírito Santo e da Casa de Fresco dos Sanches de Baena.

Tiago Salgueiro representante da Santa Casa da Misericórdia de Vila Viçosa refere que numa primeira fase é “importante fazer um levantamento de todo o património das misericórdias no Alentejo e a partir daqui associar esse património à criação de uma rota que no futuro irá incluir outras valências como a gastronomia, o vinho, outro património edificado tutelado por outras instituições”, dizendo ainda que este projecto numa primeira fase destina-se a valorizar o património de depois a promoção.

O representante da Santa Casa da Misericórdia de Vila Viçosa disse à Rádio Campanário que “a candidatura a efectuar com o apoio da União das Misericórdias que pretende-se numa primeira fase reabilitar o património e depois proceder à sua abertura ao público através da criação de circuitos específicos. No caso concreto de Vila Viçosa, o interesse da Santa Casa da Misericórdia passa pela reabilitação da Casa de Fresco dos Sanches de Baena um imóvel do século XVI que se encontra num elevado estado de degradação. Depois de identificados os patrimónios a recuperar procede-se à candidatura aos quadros comunitários de apoio”.

Tiago Salgueiro acaba por dizer que este projecto deverá ver a luz do dia ainda durante este ano e que para Vila Viçosa é importante também esta reabilitação do património da Santa Casa uma vez que a Igreja do Espírito Santo foi considerada em 2013 património nacional e a Casa de Fresco dos Sanches de Baena como Imóvel de interesse municipal.

Durante a cerimónia foram apresentados vários patrimónios das várias Uniões representadas com uma abordagem para a necessária estratégia de conservação e valorização desses espaços. Para além de Vila Viçosa, Alcáçovas, Redondo e Évora há ainda a possibilidade para a incursão neste projecto de outras Uniões da Misericórdia do Alentejo.

Populares