31.5 C
Vila Viçosa
Sábado, Julho 20, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

Referencial do Programa de Sustentabilidade do Azeite do Alentejo apresentado em Beja dia 27 de junho

Nerbe

No próximo dia 27 de junho, no CIBT-Nerbe (Centro de Incubação de Base Tecnológica), em Beja, será oficialmente apresentado o Referencial de Sustentabilidade do Azeite do Alentejo. Uma ferramenta pioneira a nível internacional, exigente, ambiciosa, credível e adaptada, que permitirá consolidar e otimizar o desempenho ambiental, social, económico e cultural da produção olivícola da região. Durante o encontro será também lançada a 2ª Fase do Projeto.

Nos últimos anos, o Alentejo tem se consolidado como a maior região produtora de azeite em Portugal. Com a incorporação de novas áreas de regadio, e o desenvolvimento de olivais modernos, produtivos e eficientes, o Alentejo, em 2022, produziu 85% do azeite nacional, posicionando Portugal como o 6º maior produtor do mundo, e o 3º maior exportador da União Europeia.

Nesse contexto, a OLIVUM (Associação de Olivicultores e Lagares de Portugal) lançou o Programa de Sustentabilidade do Azeite do Alentejo (PSAA), em parceria com a Universidade de Évora. A iniciativa tem como objetivo reconhecer e reforçar o desempenho sustentável da produção olivícola, nas suas componentes ambientais, económicas, sociais e culturais.

De forma a cumprir o seu objetivo em apoiar produtores de azeitona e de azeite da região do Alentejo, na consolidação e melhoria do seu desempenho, o projeto desenvolveu um Referencial de Sustentabilidade.

O Referencial de Sustentabilidade foi pensado e desenhado de acordo com uma abordagem co-criativa, envolvendo membros da academia, produtores de azeitona e de azeite, e outros membros da cadeia de valor, em todo o processo. Estes elementos participaram em várias sessões de debate, nas quais efetivaram áreas de intervenção, críticas, para determinar o desempenho sustentável da produção.

Para além da atribuição de um nível global de sustentabilidade, a ferramenta avalia determinado produtor perante cada área de intervenção – Solos, Água, Doenças e Pragas, Eficiência Energética, Excedentes e Sobrantes, Recursos Humanos, Qualidade , Ar, Biodiversidade, Desenvolvimento Regional, Património e Embalamento.

Esta avaliação permite a atribuição de um Plano de Melhoria Contínua a cada produtor aderente, com o conjunto de ações necessárias para alcançar níveis de sustentabilidade superiores.

O Referencial de Sustentabilidade do Programa de Sustentabilidade do Azeite do Alentejo, será oficialmente apresentado no CIBT-Nerbe (Centro de Incubação de Base Tecnológica), em Beja, no próximo dia 27 de junho, entre as 09:30 e as 12:00.

O evento será formalmente aberto por Pedro Lopes, Presidente da OLIVUM, seguido de um breve resumo daquilo que foi a 1ª Fase do Programa de Sustentabilidade do Azeite do Alentejo (PSAA), por Gonçalo Moreira, da OLIVUM.

De seguida será feita uma apresentação do Referencial de Sustentabilidade e da Plataforma de Avaliação e Classificação, por Gonçalo Moreira, da OLIVUM. Por último, Mª Raquel Lucas, da Universidade de Évora, lançará a 2ª Fase do Programa de Sustentabilidade do Azeite do Alentejo.

As inscrições são gratuitas, mas obrigatórias, e podem ser efetuadas através do seguinte link: https://forms.office.com/e/MurNdErdQh

Populares