13.7 C
Vila Viçosa
Quinta-feira, Fevereiro 29, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

Turistas Espanhóis e Norte Americanos são os que mais visitam a Sinagoga em Castelo de Vide

Espanhóis e Norte Americanos foram os turistas que mais visitaram a Sinagoga em Castelo de Vide, no ano de 2023.

De acordo com o Presidente da Câmara Municipal de castelo de Vide, António Pitta, o turismo Norte Americano consolidou a sua posição , conforme verificado nas estatísticas, comprovando, conforme indica o Autarca que nos últimos anos, os fluxos turísticos provenientes dos Estados Unidos têm vindo a apresentar números verdadeiramente interessantes.

Na análise estatística efetuada e apresentada em sede de reunião de câmara, adianta Edil, é evidente que a herança judaica é responsável por uma grande parte de quem vindo de outros países mais visita Castelo de Vide, para conhecer este património distintivo é diferenciador.

António Pita considera ainda assim que “Castelo de Vide e Marvão, não obstante estarem nas rotas turísticas internacionais e trazerem grupos e famílias ao território, estão ainda muito longe de maximizarem as oportunidades que os elevados números de visitantes proporcionam.”

Para desenvolver uma estratégia concertada, o Presidente da Câmara Municipal reuniu recentemente com o proprietário do Hotel Portalegre Palace e com dois dos principais operadores turísticos neste segmento em Portugal, por forma a delinear uma estratégia para potenciar ainda mais este tipo de turismo no território.

Uma nova reunião está já agendada para dia 7 de março, em Portalegre.

O edifício considerado Sinagoga está situado na Rua da Judiaria / Rua da Fonte , e é visto como o edifício onde se reunia a comunidade judaica que habitou em Castelo de Vide até ao séc. XV.

Foi adquirida pela Câmara Municipal de Castelo de Vide, na sequência de obras de recuperação do edifício por parte de um particular. Depois de escavações arqueológicas realizadas no edifício, e da preparação de uma narrativa museológica, o edifício abriu como núcleo museológico em abril de 2009. 

A visita ao espaço permite ao visitante conhecer as vivências da comunidade judaica que aqui viveu e os contributos dados para o desenvolvimento da vila, bem como destaque para Garcia d’Orta, a diáspora e a herança judaica.

Neste espaço pode ainda encontrar os seguintes motivos expostos: Sinagoga Medieval, O Bairro Judeu de Castelo de Vide, Os Judeus de Castelo de Vide e a Diáspora, As celebrações anuais e os rituais diários, Em memória dos Castelo-Videnses vítimas da Inquisição e uma Sala Polivalente.

Foto: Turismo do Alentejo

Populares