Multiusos de S. Romão investigado pela Polícia Judiciária (c/som)

Regional 19 Jun. 2015

A Policia Judiciária esteve recentemente na Câmara Municipal de Vila Viçosa “para se inteirar das questões” levantadas pelo município calipolense, relativamente ao Centro Multiusos de S. Romão.

Recorde-se que no início deste ano o presidente da Câmara de Vila Viçosa avançou à Rádio Campanário durante o programa Boletim Informativo que os materiais utilizados na construção do Multiusos de S. Romão “não correspondem exatamente, são de menor valor àquilo que consta do caderno de encargos e falta concluir algumas das partes da obra”, pretendendo a autarquia ser ressarcida pelo empreiteiro no valor de 32.171,56€.

Agora e no seguimento deste processo o Vice-presidente da Câmara Municipal de Vila Viçosa, Luís Nascimento, referiu a esta Estação Emissora que “a Policia Judiciária já pegou neste processo que é um processo muito complicado tanto que (o Ministério Público) pediu o apoio da Policia Judiciária que já esteve na nossa câmara e pediu documentação para se inteirar das questões que nós tínhamos colocado”.

Quando questionado, Luís Nascimento diz que “eventualmente” pode existir indício de crime”, acrescentando, “é um processo que está em tribunal, nós participamos ao Ministério Público de algumas irregularidades que detetamos e que consideramos que são graves”.

Com uma área bruta de 564,09 m2, o Centro Multiusos de São Romão dispõe de um auditório com cabine de projeção e apoio de palco para 85 utentes, espaço de leitura e Internet, espaço de bar, dois gabinetes de trabalho e atendimento ao público, entre outras valências.

Últimas notícias

Histórico de Notícias

« Abril 2020 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30