36.5 C
Vila Viçosa
Quinta-feira, Julho 18, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

Universidade de Évora marca presença na primeira reunião presencial do projeto TETRIS em Cartago!

A Universidade de Évora, coordenadora do consórcio TETRIS, marcou presença no primeiro encontro presencial entre representantes do projeto, que teve lugar no Instituto Tecnológico da Costa Rica, na cidade de Cartago.

De acordo com a informação avançada na página oficial da Universidade de Évora, o projeto TETRIS – Technology Transfer Innovation Schemes in Latin America, desenvolvido pela Divisão de Inovação Cooperação Empreendedorismo e Empregabilidade (DIC2E) visa contribuir para o desenvolvimento económico dos países da América Latina, tendo por base a transferência de conhecimento técnico e científico para os meios de produção. 

O TETRIS pretende, através da capacitação das instituições de ensino superior, ajudar a criar e implementar estruturas de Inovação e Transferência de Tecnologia fomentando, com esse fim, as relações e parcerias entre as universidades e as indústrias dos vários parceiros na região – Bolívia, Colômbia, Costa Rica, Equador e Panamá – contando para isso com a cooperação de investigadores de Portugal, França, Espanha e Alemanha.

Neste encontro de três dias foram discutidas e avaliadas as diretrizes de execução sobre temas como: propriedade intelectual, investigação, transferência de conhecimentos, boas práticas no ecossistema empresarial, a fim de contribuir para a solução dos grandes desafios globais, nacionais e locais, tendo em atenção as prioridades do território para o desenvolvimento humano sustentável.

A Universidade de Évora, que com este projeto se posiciona, uma vez mais, no cenário internacional, fez-se representar por uma comitiva composta por Soumodip Sarkar, Professor do Departamento de Gestão e Vice-reitor para o Empreendedorismo e Inovação, que lidera o TETRIS, Teresa Gonçalves, Professora do Departamento de Informática e Russell Alpizar-Jara, Professor do Departamento de Matemática.

Este projeto, que se encontra, ainda, em fase inicial, tem como foco uma avaliação detalhada do desempenho das universidades participantes na transferência de conhecimento, de forma a detetar oportunidades de melhoria para o desenvolvimento de um ecossistema mais eficaz que conecte as instituições de ensino superior com a sociedade onde estão inseridas, que inclui o tecido empresarial, o governo e as populações vulneráveis.

O TETRIS, projeto com a duração de 3 anos e aprovado pelo Programa Erasmus+ em outubro de 2020, é constituído pela Universidade de Évora Universidade Lumiere Lyon 2, Universidade do País Basco, Escola Politécnica Nacional, Escola Superior Politécnica do Litoral, Universidade de Medellín, Instituto Tecnológico Metropolitano, Universidade Tecnológica do Panamá, Universidade de Panamá, Universidade Autônoma Gabriel René Moreno, Universidade Autônoma Juan Misael Saracho, Universidade da Costa Rica, Instituto Tecnológico da Costa Rica, Corporação CIENTECH – Centro de Transferência de Conhecimento, INI-NOVATION GMBH.

Esta iniciativa é financiada pelo Programa Erasmus+, através dos fundos da Comissão Europeia, no âmbito do projeto No. 618597-EPP-1-2020-1-PTEPPKA2-CBHE-JP PT, que pode ficar a conhecer detalhadamente aqui.

Populares