19.3 C
Vila Viçosa
Quarta-feira, Fevereiro 21, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

Vila Viçosa, palco de doçaria e Tradição: “Uma Feira que Marca” Afirma Dr. José Manuel Santos

Vila Viçosa, apelidada de “Princesa do Alentejo”, acolheu este fim de semana a primeira edição da Feira de Doçaria Conventual. O evento, uma iniciativa da Câmara Municipal, decorreu no histórico Claustro do Convento dos Agostinhos. A Rádio Campanário conversou com o presidente da Turismo do Alentejo e Ribatejo, Dr. José Manuel Santos, sobre a importância deste evento.

Dr. Santos destacou a escolha de Vila Viçosa para sediar a feira, frisando a beleza dos claustros da Igreja dos Agostinhos e a relevância de abrir o património calipolense à região, ao país e ao mundo. O presidente da Turismo do Alentejo e Ribatejo elogiou a iniciativa da Câmara Municipal de Vila Viçosa, salientando a falta de uma feira temática dedicada à doçaria conventual no Alentejo Central, diferentemente de Portalegre.

A feira, realizada num período do ano com menor fluxo turístico, tem um papel crucial na dinamização de Vila Viçosa e do Alentejo, contribuindo para a promoção da gastronomia local. Dr. Santos mencionou o esforço da Turismo do Alentejo e Ribatejo em apoiar eventos na região, mesmo sem financiamento externo, focando em comunicação e mobilização de meios de comunicação social.

Os números do turismo em 2023 foram destacados por Dr. José Santos, referindo que o Alentejo foi a região de Portugal que mais cresceu em termos de dormidas de residentes, batendo recordes de visitas e receitas. Vê este crescimento como uma consolidação da recuperação pós-pandemia, com os portugueses priorizando viagens mesmo diante de desafios econômicos. Dr. Santos expressa otimismo para 2024, antecipando um aumento no turismo na região.

Este evento representa um passo significativo para o Alentejo, não apenas na promoção do turismo, mas também na valorização da rica herança cultural e gastronómica, abrindo novas oportunidades para a região e  para os seus habitantes.

Populares