17.2 C
Vila Viçosa
Quarta-feira, Abril 24, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

Volta ao Alentejo: Orluis Aular volta a conquistar a camisola amarela

Na Etapa Rainha discutida este sábado, o vencedor da “Alentejana” do ano passado fez apenas o segundo lugar, mas ficou líder com 10 segundos de vantagem na classificação geral. Na consagração de vencedores a ter lugar no centro histórico de Évora, este domingo, Aular pode tornar-se o único ciclista em 40 edições desta competição organizada pela Comunidade Intermunicipal do Alentejo Central e Podium Events a vencer consecutivamente.

Além do venezuelano, a etapa que ligou Crato a Castelo de Vide teve também como protagonista o colombiano Adrian Bustamante (Kelly/Simoldes/UDO), o mais forte num grupo de cinco elementos, na linha de meta.

Esta foi a etapa mais curta com 148.2 quilómetros, no entanto, a mais dura, com cinco contagens de montanha em outros tantos pontos do Parque Natural da Serra de São Mamede. Até à primeira Meta Volante o ritmo foi endiabrado com muitas tentativas de fuga fracassadas pelo pelotão. Poucos antes de Gáfete, Iúri Leitão (Caja Rural-Seguros RGA) decidiu atacar levando consigo Pedro Silva (Glassdrive/Q8/Anicolor) e Pedro Pinto (Efapel Cycling).

Na difícil subida ao Cabeço do Mouro, com o trio na frente, assistiu-se à fragmentação do pelotão com diversos ataques no grupo dos favoritos. Estava a anarquia instalada e começava a seleção dos mais fortes. Pedro Silva na frente foi conquistando primeiros lugares nas diversas contagens e amealhava pontos para se tornar o novo Rei dos Trepadores. A Faltarem 50 quilómetros para o final, um grupo perseguidor com cerca de vinte elementos alcançou os homens mais adiantados. Mais à frente seria o neerlandês Alex Molenaar (Electro Hiper Europa) a surpreender o grupo e ganhar vantagem interessante.

Na subida à Serra de São Paulo, Orluis Aular partiu em busca de Molenaar com Giovanni Carboni (Kern Pharma), Maurício Moreira (Glassdrive/Q8/Anicolor) e Adrian Bustamante (Kelly/Simoldes/UDO). A junção aconteceu naturalmente e ficava a faltar apenas a discussão no centro de Castelo de Vide. O triunfo foi para Adrian Bustamante, colombiano da Kelly/Simoldes/UDO, o primeiro de uma equipa portuguesa nesta Volta ao Alentejo Crédito Agrícola.

Na classificação geral, Orluis Aular é líder da Camisola Amarela Crédito Agrícola com 10 segundos de vantagem sobre Adrian Bustamante e 12 segundos para Alex Molenaar. O venezuelano da Caja Rural/Seguros RGA é também o novo líder da Camisola Verde Delta Cafés (Pontos). O portador da Camisola Azul Correio da Manhã (Montanha) mudou, mas continua na mesma equipa e Pedro Silva é o novo líder. Na classificação da juventude Max Walker (Trinity Racing) chegou à Camisola Branca Turismo do Alentejo. A Hiper Europa é a nova líder da classificação por equipas.

Resta uma etapa para a conclusão da 40.ª Volta ao Alentejo Crédito Agrícola. O último dia tem 154,9 quilómetros e liga Monforte a Évora. A chegada de etapa e consagração dos vencedores vai acontecer no centro história Património da Humanidade. 

 

Classificação da etapa:

1º – Adrian Bastumante

2º – Orluis Aular

3º – Alex Molenaar

 

Classificação por equipas da etapa: 

1º – ELECTRO HIPER EUROPA (ESP)

2º – EQUIPO KERN PHARMA (ESP) 

3º – CAJA RURAL-SEGUROSRGA (ESP) 

 

Classificação geral:

1º – Orluis Aular 

2º – Adrian Bastumante

3º – Alex Molenaar

 

Classificação geral em equipas:

1º – ELECTRO HIPER EUROPA (ESP)

2º – EQUIPO KERN PHARMA (ESP) 

3º – CAJA RURAL-SEGUROSRGA (ESP) 

Populares