32.6 C
Vila Viçosa
Quarta-feira, Julho 24, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

Cavaleiro Olímpico Rodrigo Torres e Coudelaria Torres Vaz Freire agraciados com Medalhas de Mérito Municipal de Ouro

CM Alter do Chão

O cavaleiro olímpico Rodrigo Torres e a Coudelaria Torres Vaz Freire vão ser agraciados com Medalhas de Mérito Municipal de Ouro pelo Município de Alter do Chão.

A condecoração foi decidida por unanimidade pelo Executivo Municipal, após apresentação de proposta.

Recorde-se que o cavaleiro português Rodrigo Torres, montado no cavalo Fogoso, terminou no 16.º lugar o Grand Prix Freestyle de ensino dos Jogos Olímpicos Tóquio2020, com um novo recorde pessoal.

Rodrigo Torres, de 44 anos, somou uma pontuação de 78,943 por cento pontos na final individual, vencida pela germânica Jessica von Bredow-Werndl, que montou TSF Dalera, com 91,732 por cento.

«Foi o recorde, mais uma vez. Depois de ontem [na terça-feira], hoje outra vez. O Fogoso está a superar-se, está a mostrar que é muito mais do que podíamos imaginar. Ele ainda é novo e superar-se assim, bater recordes, no maior palco do desporto mundial é impressionante», afirmou o cavaleiro, em declarações à Lusa, elogiando o puro sangue lusitano criado na Coudelaria Torres Vaz Freire, logo após o exercício.

O bisneto de Domingos de Sousa Coutinho, que conquistou a medalha de bronze na prova de salto de obstáculos por equipas em Berlim1936, cumpriu o exercício de dressage ao ritmo de um medley dos Pink Floyd, numa seleção musical familiar.

«A banda sonora foi escolhida pela minha mulher, para aproveitar as batidas fortes do trote do cavalo e aquela dinâmica da música, mais forte e mais lenta. Aproveitámos isso e acho que foi bem conseguido», avaliou Rodrigo Torres, sem assumir grande predileção pela banda britânica, dizendo apenas que foi marcante para a sua geração.

Gonçalo Conchinhas Carvalho tinha sido o último português a disputar a prova olímpica de ensino em equestre, em Londres2012, tendo chegado à final e terminado também no 16.º lugar.

A melhor classificação nacional nesta disciplina continua a ser o nono lugar alcançado por Fernando Paes, também na capital britânica, em 1948, quando conquistou a medalha de bronze por equipas, com Francisco Valadas Jr. e Luís Mena.

Com https://tvi24.iol.pt/

Populares