30.4 C
Vila Viçosa
Sábado, Julho 20, 2024

Ouvir Rádio

Data:

Partilhar

Recomendamos

“Com 86 anos continuo a fazer o gosto que é cantar neste grupo de Cante Alentejano” diz António Joaquim Lopes do GCFM (c/som)

Decorreu ontem, em Monsaraz, no concelho de Reguengos de Monsaraz, a Festa do Cante nas Terras do Grande Lago, que teve lugar no Largo Dom Nuno Álvares Pereira, no adro da Igreja de Nossa Senhora da Lagoa.

A Festa do Cante contou com a atuação do músico Luís Trigacheiro, do Grupo Coral e Etnográfico Os Camponeses de Pias, do Grupo Coral da Freguesia de Monsaraz e do poeta Manuel Sérgio, que declamou poemas acompanhado à guitarra por José Farinha.

A Rádio Campanário esteve presente e falou com António Joaquim Lopes, um dos integrantes mais antigos do Grupo Coral da Freguesia de Monsaraz (GCFM).

António Joaquim Lopes, que está no GCFM há 20 anos, em declarações à nossa redação, falou-nos sobre a sua experiência no grupo

António Joaquim começou por referir que “a minha experiência neste grupo é fazer tudo aquilo que possa, dando o meu melhor. Luto para que as coisas corram sempre cada vez melhor. Estou há 20 anos no grupo e sou a pessoa mais velha de Monsaraz”.

Questionado sobre o sentimento de cantar na sua terra, durante todos estes anos, o integrante do grupo referiu que “venho porque gosto do cante. Com quase 86 anos, se por acaso eu não gostasse de fazer isto, já tinha desistido, mas gosto muito do que faço, mesmo quando as coisas correm mal, mas nós continuamos sempre para sermos capazes de fazer o melhor”.

 

Populares